É OURO!, Portugal, Quentes e Boas

Lei obriga a que casos de corrupção tenham pelo menos um interveniente com nome pateta

Se em vez de Felgueiras se chamasse Fátima Bundafendida a coisa piava mais fino

Se em vez de Felgueiras se chamasse Fátima Bundafendida a coisa piava mais fino

LEX PATETUS/TCC – Depois de Miguel Boieiro no caso Freeport, Fezas Vital no BPP e o incontornável Jacinto Leite Capelo Rego no Portucale, o caso Face Oculta anunciou ontem, para informação geral e êxtase do nosso jornal, o nome pateta escolhido para que legalmente se torne um caso de corrupção: António Chocolate Contradanças.
O nome ainda não foi aceite pelas autoridades competentes, lembrando com cautela a polémica aceitação do nome Isaltino como nome pateta no caso homónimo. Esta decisão tem um recurso pendente por parte do réu que alega que o nome não é dele, e sim de um sobrinho taxista na Suíça.
Para acabar com as dúvidas e suspeições decorrentes, o governo está já a criar, no âmbito do Plano Tecnológico, uma base de dados com todos os nomes patetas elegíveis por lei, entre os quais O Indesmentível sabe constar José Maricórnio, Rolando Rampabaixo, Mijardino Pinto e Alva Gina.

Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s