Exclusivo, Mundo, Portugal

Al-Qaeda concorre ao outsourcing da linha SOS Voz amiga a fim de recrutar novos efectivos

Empresário saudita aposta num Portugal deprimido

Empresário saudita aposta num Portugal deprimido

UMA GRUTA/TCC – O Indesmentível apurou que a diversificação dos negócios, a vasta experiência de call-center dos países habitados por monhés e a crescente escassez de bombistas suicidas fez com que a Al-Qaeda esteja a concurso para ganhar o outsourcing da linha de ajuda SOS Voz Amiga.

O nosso correspondente no Paquistão entrevistou um membro da Al-Qaeda, enquanto este saía da sua gruta para ir aos frescos do Al-Pingo-Doce, que atribui a culpa desta escassez à falta de vocação e porque o bombismo-suicida é uma profissão de desgaste rápido, mas o subsídio do Al-Rendimento Mínimo, pago em vasilhas de leite de cabra montês e em favores sexuais com camelos, é que está a afastar a maioria dos jovens.

A Al-Qaeda vê-se assim obrigada a recrutar mão de obra ocidental, tendo como principal alvo os desempregados e deprimidos da crise económica que estejam a ponderar o suicídio. A organização estima criar um número de postos de trabalho equivalente ao stock de material explosivo e a os operadores de call-center estão desde já a aprender a dizer “Sabes conduzir um camião?” em português.

Standard

0 thoughts on “Al-Qaeda concorre ao outsourcing da linha SOS Voz amiga a fim de recrutar novos efectivos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s