É a Economia, Estúpido!, Destaque, Exclusivo

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO! – Eu teria preferido o nome Operação Rabiosque Perfurado

cartões-economiaPOR PEDRO BILTRE-FARFALHO/TCC – Na crónica da semana passada avisei os caros leitores que arranjaria uma forma de fazer desaparecer aquela ideia peregrina de taxar os bónus dos banqueiros, e fi-lo tão rapidamente quanto o Armando Vara aceita dez mil euros. Depois de alguns telefonemas, uns quantos envelopes e uma orgia de fazer inveja a qualquer árbitro de futebol, eis que o Ministério Público tem a honra de apresentar, com a pompa que as paredes púrpura de um quarto de motel em Alcabideche permitem: Operação Face Oculta.

Fui eu, sim. Aliás, é tão transparente quanto metade do guarda-roupa da Ana Malhoa que fui eu o autor desta jigajoga! Uma entidade tão anónima quanto o júri dos Ídolos ofereceu-me o mesmo que pagam ao Eduardo Madeira para servir de meias-solas à Bárbara Guimarães e eu aceitei.

Se eu fosse um magistrado do MP (cruzes canhoto) incluiria a Ana Malhoa como arguida, só porque sim.

Se eu fosse um magistrado do MP (cruzes canhoto) incluiria a Ana Malhoa como arguida, só porque sim.

O e-mail carregadinho de juicy stuff partiu efectivamente da conta longdickpeter73@hotmail.com, mas o baptismo da operação não é da minha autoria. Sugeri aliás que se chamasse Operação Rabiosque Perfurado, até porque é algo a que os implicados se vão ter de habituar assim sejam condenados.

Já repararam no rol de empresas que consegui arranjar? Ele é Estradas de Portugal e Carris, EDP e Galp, Refer e CP, e até consegui meter ao barulho a quase falida Lisnave e os Estaleiros de Viana do Castelo, o único estaleiro no mundo que nem com Novas Oportunidades consegue construir algo que flutue. Vai ser tão difícil descobrir um empresa que não esteja envolvida neste caso como é encontrar a Maddie. Ou uma marafona ucraniana que não tenha um dente de ouro.

Eu já sabia que as melhores ideias surgem enquanto ribombo o pandeiro de uma empresária em nome individual a quem terei de pagar a hora, o táxi e três bisnagas de Halibut, mas desta vez mereço o Nobel da Velhaquice por méritos relacionados com a sodomização colectiva de empresas com participação estatal. Um verdadeiro coup (lê-se “cu” mas curiosamente não tenho culpa disso) ao Estado Socialista e uma valente malhada nas costas do aparelho do PS. É a Economia, Armando Vara.

Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s