É a Economia, Estúpido!, Destaque, Exclusivo

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO! – 1% de comissão do CDS/PP nos submarinos está dentro dos valores de mercado

cartões-economiaPOR PEDRO BILTRE FARFALHO/TCC – Uma vez mais os conspiradores trotskistas lançam venenosos ataques sobre o leal e fraterno capitalismo. E desta vez não é só o Ministério Público, já que até Francisco Louçã, meu cliente nos PPRs, se empertigou com o assunto. Ficas já a saber, Chico, que acabaram-se as ordens de compra de acções para os teus correligionários a 1% de comissão mais um jantar com a Ana Drago! A partir de agora é a 5%, uma Joana Amaral Dias e largas de vez essa parvoíce de acabar com o sigilo bancário.
A história dos submarinos está muito mal contada e é mais simples que uma ideia formada na cabeça da Carolina Patrocínio. Estava eu a transaccionar em alta com uma bela massagista, uma bielorrussa com determinação soviética em agradar que eu adquiri numa feira em Murmask, quando Paulo Portas me telefona a pedir para comprar dois submarinos, quatro fotocopiadoras e dúzia e meia de Jacintos Leite Capelo Rego, desde que a bom preço.

In the navy, la la la la la la la, in the navy!

In the navy, la la la la la la la, in the navy!

Encontrar um corrupto alemão que não viva no Algarve não é tão fácil como parece, e os Jacintos são mais raros na Alemanha do que um ministro do CDS/PP que assine um contrato que não prejudique o erário público. Voei de imediato para Hannover e fui apresentado a uns submarinos muito janotas, com torpedos, sonar de rastreio horizontal e kitchenete, mas não davam a comissão desejada e eu tinha um partido para alimentar. Virei-me então para uns tubos de escoamento de água residuais muito jeitosos com 30% de desconto, que com umas rolhas de cortiça nas pontas e cheios de esferovite enganam qualquer ministro incapaz, quanto mais o Paulo Portas.
Deixo a minha comissão na minha conta helvética e volto a Portugal com um contrato regado a Oktoberfest, uma mala com um milhão de euros para o CDS/PP e uma viagem bem passada, cortesia de uma das hospedeiras da Lufthansa adepta da bockwurst.
Citando Cavaco “e desde quando é crime”, neste caso, comprar bens para o Estado inflacionados em 30%, quantia essa subvencionada como contrapartidas? Vesti um fato anti-radiação, consultei o código civil, e parece que a lei diz que afinal é crime, excepto em Felgueiras, Gondomar e no Finalmente, pelo que devem esquecer a história anterior, e interiorizar que os 30% são afinal para pagar três torpedos, pintura metalizada, e uma bússola, que não vinham de série. É a Economia, pacóvios eleitores.

Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s