É a Economia, Estúpido!, Destaque, Exclusivo

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO! – Legislativas: A derrota das PME ou “Piquenas” e Médias Eleições

cartões-economiaPOR PEDRO BILTRE-FARFALHO/TCC – Depois de passar o serão de domingo a explicar o significado de “electiones” a uma jovem massagista cubana, eis que chega a hora de fazer o balanço das legislativas, infelizmente já sem menina por baixo.
Devo começar esta crónica por declarar o meu conflito de interesses relativamente ao CDS-PP. Poderia tentar ser imparcial, mas o interesse declarado em chupar insistentemente o dedo grande do pé direito da Teresa Caeiro vestida de tirolesa, enquanto recita Mein Kampf e espezinha dois pobres da Venda Nova com uns Prada com uns saltos altíssimos é mais forte que eu. Abstenho-me, portanto.
E agora vamos ao ponto € – A Economia no pós-legislativas. Ou como a questão do TGV, vários remates ao lado e um arroto com cheiro a tremoços dado pelo acessor do Presidente fecundaram a Dra. Leite bem fecundada.
A senhora das “piquenas” e médias empresas perdeu as pequenas e médias eleições, e ainda bem. É um camafeu de tal evergadura que assustou o governo Espanhol (que já se via a inaugurar um combóio de luxo para a cosmopolita Badajoz), fez as empresas ligadas à construção do TGV entrar em colapso bolsista (entre as quais a Mota-Engil, que já se preparava para despachar o Coelho) e fez-me bater num raile ao ver o seu cartaz enquanto era felaciado sob o efeito da condução.

Apetecia mesmo fazer-lhe um benchmarking a fim de penetrar no mercado.

Apetecia mesmo fazer-lhe um benchmarking a fim de penetrar no mercado.

Como a senhora seguiu a linha da pequena e média política de Pacheco Pereira, enredou-se num downtrading de espiral descendente, pelo que acabará brevemente por sofrer uma OPA hostil do pequeno Marques Mendes, do médio Passos Coelho, ou de Manuela Moura Guedes com capital da Ongoing.
Entrementes, mentiras e escutas ganhou o partido de Sócrates, pelo que fica assegurada a construção do TGV. As cotaçoes das grandes empresas de construção subiram logo na primeira sessão bolsista, podendo agora empregar mais um cabo-verdiano ou dois. Vá, no limite um ucraniano, desde que não dê muita despesa em vodka.
Que país é este onde o grande capital tem de ser defendido pela esquerd… custa-me tanto dizer esta palavra. Nunca se sabe se não apanho herpes, hepatite ou desato a defender tributar mais-valias, grandes fortunas e telemóveis de terceira geração. É a economia, Manela!

Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s